EXPANSÃO DA REDE CRISTAL

sábado, 7 de maio de 2011

SINCRONÁRIO DA PAZ



 Esta ferramenta foi desenhada pelos sábios Maias com o objetivo de sincronizar o ser humano em sua verdadeira freqüência das 13 luas de 28 dias. Conhecida como freqüência 13:20 ( 13 tons galácticos e vinte tribos solares), esta vibração permite que o ser humano perceba a noosfera, a rede do pensamento que une todas as consciências em um nível planetário de manifestação.
            Os conhecimentos dos ciclos da criação permitem que analisemos as energias do dia de acordo com o movimento do Sol e da Lua, criando o Tzolkin, o tear sagrado dos maias, compostos de 260 unidades conhecidas como kins planetários. Cada kin é uma combinação da energia de uma das vinte tribos solares sincronizado com um dos treze tons galácticos da criação. Este tear 13:20 é a rede da vida, a conexão que existe entre todos os seres que habitam nosso amado planeta.


            As ondas encantadas são unidades do tempo que permitem que possamos identificar e potencializar, nossos propósitos de vida, descobrir nossos desafios, ativar nosso serviço e definir a melhor forma de agirmos. Conhecer maneiras de utilizar este conhecimento é uma importante chave do autoconhecimento, com traços especiais que facilitam a rememoração da programação existencial.
Este calendário é uma ferramenta cósmica para que possamos transcender a matriz tridimensional do ego que nos aprisiona a este plano físico. Através da dissolução desta energia tridimensional, entramos no formato do cubo consciencial, que transcende a matriz quadridimensional do tempo, quebrando as limitações do universo físico. Esta vivência do cubo da vida faz com que experimentemos o passado, presente e futuro simultaneamente, uma forma não linear de tempo e espaço. Neste estágio de expansão, o não-tempo, nos tornamos totalmente despertos para a realidade da quinta dimensão.
Esta ferramenta evolutiva, engenhosamente desenhada pela Hierarquia da estação intermediária de Archturus, provê o conhecimento das modificações geofísicas, astrofísicas e espirituais que afetam o planeta durante as modificações evolutivas quânticas. Este ensinamento foi trazido diretamente aos seres humanos através das pirâmides das Américas e são formados de calendários cronológicos sincrônicos. Estes conhecimentos promovem uma expansão da consciência humana que pode interagir com inteligências desde a quinta até a nona dimensão consciencial, e posteriormente estendidas à outras dimensões conscienciais. É através deste calendário que surgiram diversas teorias sobre o dia 21 de dezembro de 2012, quando irá ocorrer um alinhamento cósmico entre nosso sistema solar e o centro da galáxia. Neste calendário de longa contagem, nos sincronizamos com a contagem do tempo das Plêiades, que funcionam como uma chave para acessarmos as dimensões mais expandidas da percepção consciencial.
Com muito amor, devemos aprender a utilizar estes conhecimentos ancestrais e assim estarmos sincronizados com a harmonia e plenitude da Mãe natureza, expressa nas criações e revoluções de nosso universo físico. Salve a harmonia da mente e da natureza. A cultura galáctica vem em paz.

KLATU BARADA NIKTO!


SAIBA MAIS:
www.calendariodapaz.com.br
www.sincronariodapaz.org

5 comentários:

  1. A bandeira da "paz" não tem nada a ver com os maias, nem foi criada pelos marketeiros do sincronário. Quanta desinformação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostaria de saber em qual parte do texto foi feita esta afirmação.

      Excluir
    2. Maristela, a bandeira está ali de forma ilustrativa, pra nós lembrarmos da união que traz a paz. O início do texto "está ferramenta" está se referindo ao calendário Maia e não a bandeira da paz.

      Excluir
    3. Maristela, a bandeira está ali de forma ilustrativa, pra nós lembrarmos da união que traz a paz. O início do texto "está ferramenta" está se referindo ao calendário Maia e não a bandeira da paz.

      Excluir
  2. Muito legal o seu blog. Visite o meu: http://macacogalactico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir